“AmarElo” de Emicida

Temos muitos documentários maravilhosos sobre a cultura do Brasil, muitos a respeito da escravidão… Mas a escravidão não são as pessoas pretas. É uma interrupção da história das pessoas pretas. Acho que o documentário que produzimos coloca tudo em seu lugar. Mostra como produzimos uma arte que se provocou a pensar o país. Nem só pensar o país: produzí-lo. Tudo que amamos e acreditamos que deu certo é fruto dos pilares que são apresentados no documentário.”

Emicida, Rolling Stone Brasil
 

O documentário de Emicida, “AmarElo”, disponível na Netflix, distingue-se pela responsabilidade e propriedade com que procura traçar a história da cultura afrodescendente brasileira. Estimula o despertar da consciência colectiva e, por isso, merece a nossa atenção. Destacam-se a entrevista dada pelo artista à Rolling Stone Brasil sobre o projecto, o artigo escrito pelo The Guardian e a review do UOL.